Book Challenge: the statistical probability of love at first sight

quarta-feira, julho 31, 2013


O Book Challenge foi uma proposta que vi no A Series of Serendipity para não deixarmos de praticar nosso inglês, lendo um livro por mês e que a Mel convida seus leitores (eu!) a fazer o desafio também. Eu já tinha alguns livros em inglês aqui e depois que conheci o Book Depository, também através do blog da Mel, me empolguei ainda mais para comprar livros em inglês (até porque são beeeem mais baratos, né?!).



Resolvi começar pelo The Statistical Probability of Love at First Sight (A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, publicado no Brasil pela Galera Record) por um simples motivo: falaram que é a minha cara! :)

'Love is the strangest, most illogical thing in the world.' (Pág. 165)

Não sei vocês, mas eu adoro quando alguém diz que alguma coisa é a minha cara. Faz a gente se sentir especial, né?! Parece que somos, de algum jeito, únicos no meio desse tanto de gente! Sim, eu sei que o livro pode ser a cara de várias outras pessoas também, mas continuo me sentindo assim (:P). Também porque quando alguém me fala isso, geralmente é verdade! hihi

Então quando a Renata (amiga e ex-colega de trabalho) me indicou esse livro, eu nem pensei duas vezes antes de comprar! E, claro, não me arrependi nem um pouco. Realmente, é a minha cara! :)

'She'd like to go home.
She'd like for home to be the way it once was.
She'd like to be going anywhere but her father's wedding.
She'd like to be anywhere but this airport.
She'd like to know his name.' (Pág. 27)

Hadley tem 17 anos, é claustrofóbica e tem outros medos como de maionese, aranha e fornos. Seu pai, quem ela não vê já há um ano (pois tentou com todas as forças tirá-lo da sua vida depois que ele se separou de sua mãe), vai se casar novamente, com uma mulher que ela nunca viu na vida e Hadley ainda vai ser uma das madrinhas.



Ela está no aeroporto (lugar cheio de gente, o que a deixa em pânico), indo para o casamento (último lugar que ela gostaria de ir) e ainda por cima perde o voo por causa de 4 minutos e tem que esperar mais 3 horas até o próximo avião para Londres. Como se já não fosse tudo ruim o suficiente, ela mal consegue ir ao banheiro sem ouvir um sermão de uma senhora que diz que não pode olhar a bolsa dela em quanto ela está fora. 

Mas tudo acontece por uma razão, e assim ela conhece Oliver, o cavalheiro que a ajuda com a bolsa.

'Maybe it's the accent, wich she's pretty sure is British, or the twitch of his mouth as he tries to keep from smiling. But her heart dips unexpectedly when he looks at her...' (Pág. 15)

Oliver está no mesmo voo em que ela foi realocada e, por um mal-entendido que eles resolveram não desmentir, acabam sentados juntos durante a viagem que dura 7 horas. Nada como um menino mais velho, lindo, gentil e com sotaque britânico para fazer alguém esquecer a claustrofobia em um voo tão longo (<3). Não tem como não se apaixonar por Oliver. O jeito como ele é gentil e, até em suas pequenas ações, está sempre ajudando Hadley é de amolecer o coração de qualquer um.

(todo título de capítulo mostra o horário dos EUA e de Londres)


Algumas vezes fiquei com raiva de certas atitudes de Hadley, mas ao mesmo tempo entendia o que ela estava passando. Não só por também ter pais separados, já fui adolescente um dia (me sentindo a velha agora). Ao longo do livro, a protagonista vai amadurecendo e é muito legal poder ver essa evolução.

É uma história não só sobre amor a primeira vista, mas também sobre perdão, compreensão, sobre deixar um pouco de ser egoísta (o que é super natural do ser humano) e entender que nem tudo é o que parece. Uma grande lição sobre acreditar no destino, correr atrás de seu sonhos/desejos, mas principalmente não deixar de viver, nem de amar, seja qual tipo de amor for, porque não sabemos o dia de amanhã, né?!

Vamos amar, gente! <3 <3 <3 <3



Editora: Poppy ~ Páginas: 236 ~ ISBN: 9780316122399 ~ Ano: 2012

Adorei a capa, as cores, as paginas amareladas e os cuidadosos detalhes (na capa, na contra capa, no final do livro, cada coraçãozinho ou detalhezinho mais lindo que o outro!). Lindo e super rápido e gostoso de ler! (Li grande parte dele, coincidentemente, no aeroporto! hihi) Já estou com saudades de Hadley e Oliver! :'(



Alguém mais já leu?
Gostaram? :)

Colorín colorado este cuento se ha acabado.

You Might Also Like

20 comentários

  1. Amei muito também!! Graças a você que me indicou! haha <3

    ResponderExcluir
  2. Todo site que vejo review dele, as pessoas só falam bem! Mas fico meio dividida, entre querer ler, e ficar com medo de ser muito água-com-açúcar, do tipo eles se encontram por obra do destino e se apaixonam e são felizes para sempre! Será que corro esse risco?

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, sou meio suspeita, porque adoro água-com-açúcar, confesso! haha
      Mas ao mesmo tempo que tem essa 'melaçãozinha' deles (e mesmo que a história seja contada só em 24h, as coisas não são tão fáceis não! haha), também fala muito sobre conflitos dela e dele, familiares, e etc. Eu acho que é um livro mais 'não desacredite do amor' do que mais um 'foram felizes para sempre'.
      Acho que ficou meio confuso, mas espero que tenha entendido meu ponto! hahahah :)

      Excluir
  3. Já li esse livro e adorei! É muito fofo e totalmente apaixonante!
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. né?! Entrou para a minha lista de favoritos <3

      Excluir
  4. Não conhecia, sempre quis ler um livro em inglês kkk
    fashion em cores -.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, e a leitura dele em inglês não é tão complicada :)

      Excluir
  5. Já quer reler, não quer??
    haihiaaih
    ele é muito fofo mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já!! :') lindo lindo lindo!
      Obrigada pela indicação, Rê! <3

      Excluir
  6. Acho tão ótimo ler em inglês que com certeza eu intercalaria entre um em português e um em inglês se pudesse. Tenho muita vontade de ler esse livro, falam tão bem dele e da fofura, mas também tenho medo do romance não me arrebatar e acabar chateada.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou suspeita, mas acho meio difícil não morrer de amores pela história! *.*

      Excluir
  7. sou louca pra ler esse livro!
    como disse o meu inglês não é lá essas coisas e nunc ali um livro em inglês. Talvez me ajudasse sei lá. Os quotes que vc colocou aqui eu consegui entender...
    que legal que vc leu no aeroporto, pena que não encontrou seu Oliver lá! haha
    bj
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mah, achei o livro tranquilo de ler em inglês. As palavras que eu não sabia entendi pelo contexto, nem precisei ir atrás do significado. E é uma ótima opção para quem não quer 'desaprender' inglês, né? ;)

      Já conheci meu Oliver um ano atrás, em um show! o/ hihi
      besitos!

      Excluir
  8. Onde você comprou essa luminária ?

    ResponderExcluir
  9. Estou morrendo de vontade de ler esse livro! Acho a capa da versão brasileira uma gracinha! E a história parece ser muito fofa! Mostra que mesmo em situações das mais difíceis, algo bom pode acontecer <3
    Beijos,
    Own Mine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, Andrea! Ele é lindo e a leitura flui muito bem. Dá para ler super rápido! E tem várias lições legais ^^

      E a capa brasileira ficou super gracinha mesmo! também adorei! ;)

      Excluir
    2. Comprei o livro essa semana! Tenho certeza que vou devorar rapidinho *-*

      Excluir
    3. Vai sim! Depois me diz o que achou! ;)

      Excluir