Book Challenge - February: Can You Keep a Secret? - Sophie Kinsella

domingo, março 02, 2014


Emma Corrigan é uma mulher normal, tem um namorado lindo e maravilhoso - e que todos dizem que formam o par perfeito -, divide apartamento com mais duas amigas, sonha em ser promovida no emprego (e mostrar para seus pais que ela pode sim seguir uma carreira - já que este é o seu terceiro emprego) e, como todo mundo, tem alguns segredinhos dos quais ninguém sabe.

This is my third career in four years. It has to work. For my own self-worth. For my own self-esteem. And also because I owe my dad four thousand quid. Pág. 10

And not just any boyfriend. A tall, handsome, clever boyfriend, whom Marketing Week called 'one of the brightest sparks in marketing research today.' Pág. 14

I'm not talking about big, earth-shattering secrets. Not the-president-is-planning-to-bomb-Japan-and-only-Will-Smith-can-save-the-world type secrets. Just normal, everyday little secrets. Pág. 1


Então Emma é enviada para uma importante reunião em seu emprego e não aguenta de tanta felicidade, acreditando que esta é a sua chance de finalmente ganhar a promoção que tanto quer!

But it's all going to change; I know it is. This meeting is my big break. It's my first chance to show Paul what I'm really capable of. Pág. 4


Só que as coisas não correram muito bem na reunião: digamos que não ouvir muito sobre o que estavam lhe dizendo mais um pequeno incidente com a lata de Phanter Cola não ajudaram muito... E, para completar o dia ruim que estava tendo, a viagem de volta foi cheia de emoções.

I've never told anyone I'm scared of flying. It just sounds so lame. And I mean, it's not like I'm phobic or anything. It's not like I can't get on a plane. It's just... All things being equal, I would prefer to be on the ground. Pág. 14



Durante o voo, o avião passa por diversas turbulências, muito intensas mesmo, e Emma tem certeza de que vai morrer!

It's like a bad dream. A bad rollercoaster dream. Pág. 23

We're not going to make it. I know we're not. This is it. I'm twenty-five years old, for God's sake. I'm not ready. I haven't achieved anything. I've never had children. I've never saved a life [...] I haven't got a tattoo, I don't even know if I've got a G spot... Pág. 24



Na hora do desespero, e com medo de morrer e guardar tudo para ela, Emma começa a contar todos seus pequenos segredos para o estranho sentado ao seu lado. 

And I've never really been in love... Pág. 25


I can't stop talking. I just can't stop. Pág. 26

[...] I'm saying things I've never said to anyone. Things I never even realized were in my head. Pág. 28


Até que ela se dá conta de que eles já pousaram, está tudo bem e de que passou mais de uma hora falando tudo sobre a sua vida para um completo estranho!

I've been blabbering non-stop this whole time  to a complete stranger.
God alone knows what I've been saying.
I want to get off this plane right know. Pág. 29


Mas até ai tudo bem. Afinal, ele é só um estranho, ela nunca mais irá vê-lo mesmo! Então Emma resolve fingir que nada aconteceu e ignorar todas as 'verdade' que disse no voo. De volta à sua vida normal!

And anyway, what I just said wasn't true. Because I am in love with Connor. It must be the altitude or something, confusing my mind. Pág. 25


Oh God, just look at him. He's tall and he's handsome, and he cancelled a big meeting, and now he wants to rescue me.
It's love. It has to be love. Pág. 32




Na segunda seguinte à sua viagem, é mais um dia normal de trabalho. A não ser pelo medo de ser demitida por causa do fracasso da reunião! Mas esse foi o menor de seus problemas, pois no mesmo dia Emma descobre que o estranho do avião, na verdade, não é nada desconhecido...

The whole point about strangers is, they disappear into the ether and you never see them again. They don't turn up at the office. Pág. 81

Ok, keep calm. Maybe he won't remember me. It was one short flight. He probably takes a lot of flights. Pág. 73

He remembers. Fuck. He remembers. Pág. 74

I want to die. Pág. 79

My parents always said never talk to strangers, and they were right. I'm never telling a stranger anything again. Ever. Pág. 81



Acontece que o cara não é somente um conhecido, como é também o fundador da companhia em que Emma trabalha! A partir daí, ela passa por várias situações constrangedoras (e hilárias para nós, leitores) por conta do incidente do avião!

Não contarei mais para não dar spoilers, mas deixo alguns outros quotes que adorei:

But there's part of me that wants a huge, amazing romance. I want passion. I want to be swept off my feet. I want an earthquake, or a ... I don't know, a huge whirlwind... Something exciting. Pág. 29

Tactics? Jemima, they're having a relationship, not playing chess! Pág. 41


Everyone has secrets. The Pope probably has a few secrets. Pág. 106



Sou suspeita para falar, porque considero Sophie Kinsella uma das minhas autoras favoritas, mas eu simplesmente amei o livro. O que eu adoro na Sophie é que ela consegue transformar o óbvio. Tipo, você provavelmente já saberá mais ou menos o final ao ler a sinopse, mas não tem problema nenhum, porque o desenrolar de tudo é sempre surpreendente (no caso desse livro, foi uma surpresa atrás da outra!), hilário e Heartwarming <3 (emocionante, de 'aquecer o coração' - minha palavra favorita em inglês, hehe!). Super recomendo! E para quem quiser ler em português, a Record publicou (há um tempo já) no Brasil!

Because what I've really learned is, if you can't be honest with your friends and colleagues and loved ones, then what is life all about?




 Editora: Dell  ●  Páginas: 374  ●  Ano: 2008  ●  ISBN:  978-0-440-24190-4   Skoob ♥



Colorín colorado este cuento se ha acabado.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Não conhecia este livro, agora, fiquei muito curiosa e estou louca pra ler.

    Beijoos

    http://detalhe-simples.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oba!
      depois me conta o que achou, tá? ;)
      besitos! :*

      Excluir